NPC 59 – Redes Sociais

Randal Bergamasco 29 de abril de 2015 36
NPC 59 – Redes Sociais

Reproduzir

#horadecomeçar! E está no ar a 59ª edição do Na Porteira Cast! E neste programa, os sociáveis Randal Bergamasco (@randalberga) e Alexandre Sacutti (@IzavanSacutti) recebem o conectado Thiago Miro (@ThiagoMiro), o mais conectado ainda Juliano Lopes (@jg_lopes) e o também conectadíssimo Fábio Ayçar, vulgo FatFrog (@fatfr0g) para um sincero papo sobre REDES SOCIAIS. Você sabe como poderemos definir esse conceito? Quais as primeiras ferramentas que permitiram a socialização virtual? No programa de hoje, saiba o que fazer e não fazer no Facebook ou Twitter; aprenda como utilizar filtros de conteúdo e hastags; e, na sua opinião, existe alguma rede social que pode tomar o posto das mais populares da atualidade? Pois clique no “play” acima ou faça o download do arquivo e vamos falar sobre o “Face”, “tuites”, “Zapzap” e muito mais #ouvindoNPC

:-: NÃO QUER OUVIR A LEITURA DE E-MAILS? :-:
Caso não queira ouvir o “Correio da Roça”, pule para 13:46 minutos.

:-: SITE DOS CONVIDADOS: :-:
– Mundo Podcast – Portal sobre podcasts de Thiago Miro
Ovos Zumbis e Chá dos Cinco – Podcasts onde Juliano Lopes participa

– Pó de Cash – Podcast do FatFr0g (em hiato)

:-: COMENTADO NESTE EPISÓDIO: :-:
– Site do Classmates (Em inglês)
– BBS: A internet antes da Internet (TechTudo)
– Flogão do Thiago Miro
– Conheça a história sobre as redes sociais (Force Web Blog)
– Facebook tem 1,4 bilhão de usuários no mundo e supera receitas (Mundo Bit)
– Facebook tem 89 milhões de usuários no Brasil (Meio & Mensagem)
– Memes da Copa – Os hinos que a TV não mostra (Bol)
– Tweetdeck Desktop (Baixaki)
– Site do Ello (Em inglês)
– Site do Tsu (Em inglês)
– Site do AIM (Em inglês)

:-: PRÓXIMO NA PORTEIRA CAST: :-:
Previsão da publicação do próximo episódio: 20 de maio de 2015.

  • Nilda Alcarinquë

    Olá Meninos do Porteira!

    Preciso dizer que minha interação com as redes sociais virtuais foram um pouco diferentes das relatadas.
    A primeira rede social da qual participei, e não foi mencionada no programa, foram as listas de discussão do Yahoo. Sim, as listas de discussão via e-mail do Yahoo, que ainda existem.
    Numa época de internet discada, eu me conectava lá pelas 21h, baixava os e-mails das listas, desconectava e aí podia ler com tranquilidade, responder e, lá pela meia-noite, conectar de novo e mandar os e-mails. A primeira lista que participei, e ainda participo, era sobre a obra de Tolkien (lista da Toca/SP, uma subsede do Conselho Branco-BR). Isso em 2003.
    E o bom é que o povo tinha paciência para explicar as novidades da internet pra quem não as entendia. Porque havia o pressuposto de que nem todos sabem de tudo. Foi lá que fui apresentada ao ICQ, MSN, Orkut, Multiply, etc
    Mesmo com o advento do Orkut as listas que participo não perderam usuários. Somente com o Facebook é que o povo começou a debandar. Mesmo assim 4 das listas que participo ainda estão em atividade, porque o FB não consegue comunicar tão bem as coisas como estas listas.

    Fico triste que hoje em dia esqueçam da existência destas listas. Eram importantes e considero que são sim, uma rede social. Tanto que presenciei o início e fim de namoros, casamentos, brigas entre membros, e também muitas festas e encontros. Tudo de bom e ruim que seres humanos podem ser.

    Hoje em dia sobra pouca coisa além do Facebook, rede que não gosto e que só mantenho perfil para interagir em alguns grupos, e receber o link antecipado dos episódios do Na Porteira.

    E o Twitter é a melhor rede social existente!
    XD

    fico por aqui

    abraços

    • Randal Bergamasco

      Eu estranhei ter recebido um comentário tão rápido. Afinal de contas, não havia tempo hábil para alguém ter ouvido nosso programa inteiro. Depois que eu constatei que era um dos nossos patronos, que já havia recebido o programa há alguns dias! Mas realmente, não falamos sobre essas listas de discussão, que ainda existem e também fazem parte dos primórdios das redes sociais. Muito bem observado!

      • Nilda Alcarinquë

        Pois é. Até que estou gostando desta vantagem de ser patrocinadora.

        😀

  • Supremacia Geek

    Quem lembra do chat do humortadela?

    • Randal Bergamasco

      Esse eu não cheguei a usar. Eu usava mais o bate-papo da UOL. Sou contemporâneo da época, mas não fui usuário nem do mIRC.

    • Ana Carolina Borges de Oliveir

      usei muitooo humortadela kkk
      e mIRC era o ponto de encontro do pessoal da cidade =)

  • Ana Carolina Borges de Oliveir

    Olá a todos do NPC J

    Sou suspeita pra falar pois adoro rede social =)

    As pessoas mais velhas demoram um pouco para se acostumar com as

    redes sociais, smartfones e tudo o mais… mas conseguimos(eu e meu irmão)
    integrar nossos pais nesse meio. Na verdade eles são novos (50 e 55 anos) mas
    não foram criados como a gente (tenho icq, whatsapp, face, twitter, instagran e
    tudo o mais); mas para eles a descoberta do facebook foi uma maravilha pois
    temos a maioria da nossa família ou nos EUA ou em Minas/Brasília/ Goiás. Sendo
    assim parece que a distância diminui um pouco com a interação via fotos,
    mensagens, vídeos de gatinhos e tudo o mais rsrsrs. Pra você ter noção fiz uma
    conta no facebook para a minha vó que mora aqui no Maranhão com a gente e tem 90 anos de idade e não sabe ler, posto fotos dela e ela diz o que quer que eu
    escreva rsrsrs, e fora isso ela se vira bem vendo as fotos de sobrinhos, netos
    e tudo o mais rs

    Tenho meu icq pessoal até hoje e na empresa temos icq em cada computador de
    rede interna, é bem útil para agilizarmos a comunicação (ninguém merece ficar
    no telefone por qualquer coisa- eu particularmente detesto e ainda demanda mais
    tempo)

    A partir do momento que o whatsapp permite a criação de grupos ele não vira
    uma rede social? Tenho grupos da família que parece o próprio facebook, até
    imagem de gatinhos e vídeos fofinhos minhas tias mandam hehehehe

  • Ana Carolina Borges de Oliveir

    Olá a todos do NPC =)

    Sou suspeita pra falar pois adoro rede social =)

    As pessoas mais velhas demoram um pouco para se acostumar com as redes sociais, smartphones e tudo o mais… mas conseguimos(eu e meu irmão) integrar nossos pais nesse meio. Na verdade eles são novos (50 e 55 anos) mas não foram criados como a gente (tenho icq, whatsapp, face, twitter, instagran e
    tudo o mais); mas para eles a descoberta do facebook foi uma maravilha pois
    temos a maioria da nossa família ou nos EUA ou em Minas/Brasília/ Goiás. Sendo
    assim parece que a distância diminui um pouco com a interação via fotos, mensagens, vídeos de gatinhos e tudo o mais rsrsrs. Pra você ter noção fiz uma
    conta no facebook para a minha vó que mora aqui no Maranhão com a gente e tem 90 anos de idade e não sabe ler, posto fotos dela e ela diz o que quer
    que eu escreva rsrsrs, e fora isso ela se vira bem vendo as fotos de sobrinhos, netos e tudo o mais rs

    Tenho meu icq pessoal até hoje e na empresa temos icq em cada computador de
    rede interna, é bem útil para agilizarmos a comunicação (ninguém merece ficar
    no telefone por qualquer coisa- eu particularmente detesto e ainda demanda mais
    tempo)

    A partir do momento que o whatsapp permite a criação de grupos ele não vira
    uma rede social? Tenho grupos da família que parece o próprio facebook, até
    imagem de gatinhos e vídeos fofinhos minhas tias mandam hehehehe

    • Randal Bergamasco

      Eu também percebo essa dificuldade que as pessoas mais velhas tem em relação às novas tecnologias da informação, Ana. Porém, os que não resistem vão adentrado esse ambiente virtual.
      Quanto ao Whatsapp, é uma rede social sim. É que praticamente só a citamos no podcast.

      • Ana Carolina Borges de Oliveir

        Meu pai está totalmente envolvido… minha mãe até reclama que agora ele só fica no celular kkk disse pra ela que é o prazer da descoberta e depois normaliza =p

        Aqui na empresa demos um smartphone para cada gerente e posso dizer que melhorou 100% a comunicação. Ao invés de ligar loja a loja agora nos comunicamos tudo pelo grupo do whatsapp, tudo mais rápido e pratico. Sabendo usar com critério acho que é uma bela ferramenta para as empresas.
        Até agora não tivemos dor de cabeça sobre isso.

        • Randal Bergamasco

          Mas eu acho que as pessoas darem essa atenção absurda para o celular já é um fenômeno comportamental, Ana. Hoje é muito comum deixarmos a TV ligada e ficarmos ao celular, não se importando com o que está sendo transmitido. E isso sem falar em qualquer reunião social. Quando as pessoas chegam na casa de alguém pela primeira vez, já virou tradição pedir a senha do wi-fi, se tiver.

          • Ana Carolina Borges de Oliveir

            Pior que é verdade. Eu como dependo bastante do celular pro trabalho fico me policiando. Meu esposo reclamava muito que chegava em casa eu ficava lá minha meia hora olhando coisa a toa na internet. Agora se for urgente mesmo, já disse que devem me ligar caso não seja horário comercial, pois provavelmente só vou ver a msg no outro dia.

            Vejo muita gente aqui na minha cidade dirigindo e digitando, que às vezes tá numa reta e dá uma bobeada, tá feia e situação mesmo.

  • Fala pessoal! Curti o episódio. Atualmente uso o Facebook mais pelo contato rápido com amigos e pelos grupos, que facilita organizar diversas coisas. O Twitter ainda uso, mas olho pouco ultimamente, porém, uso o TweetDeck.

    Vou conferir o tal do Tsu.

    Sobre o uso das redes sociais, acho difícil algum dia termos uma resposta que explique o motivo das pessoas usarem elas como usam hehehe.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Eduardo Mundus Passeri

      xará edu entra pelo meu perfil !

      http://www.tsu.co/edupasseri

      • Randal Bergamasco

        Também devo dar uma conferida no Tsu.

        • Eduardo Mundus Passeri

          bem vindo ao tsu randal , agora para ter lucros a galera tem que que se cadastrar entrando pelo link de seu perfil !

          http://www.tsu.co/randalberga

  • Oi Randal, parabéns pelo cast agradável e informativo! Vim aqui dar o depoimento de uma pessoa rara: um adepto do Twitter. É minha rede social preferida, e quase deletei o facebook em 2012, só não excluí a conta porque criei meu podcast. Como vocês disseram no programa, o facebook ainda é uma ferramenta muito poderosa de divulgação, chega a ser 10 vezes mais forte que o twitter. Acho que meu podcast sofre bastante com essa minha certa ausência do facebook, inclusive muitas vezes a minha fanpage só recebe automaticamente o que postei no twitter, o que é péssimo para interação, como o Fat Frog explicou.

    Eu acho o twitter mais útil, você monta uma timeline com coisas que te atraem e te acrescentam, coisa que é difícil de fazer no facebook, porque ele tem os misteriosos algoritmos que mostram o que eles acham que é importante para você. No fundo é um pouco de chatice minha, que prefiro informação crua do opiniões de pessoas do dia a dia. No twitter você pode seguir os experts nas matérias, seja astronomia, fórmula 1 ou economia, e ter um fedd extremamente rico e valioso.

    Por último, para não me alongar, queria lembrar dos grupos de Facebook, que eu gosto muito. Uso dez vezes mais os grupos do que o feed pessoal do facebook. Inclusive há um app específico para grupos, muito útil para quem não quer ter muito contato com o feed normal. O grupo aglutina pessoas com as mesmas afinidades, e no caso do meu podcast eu investi bastante no grupo, e acho que valeu a pena. Ele é mais livre do que uma fanpage, que é muito amordaçada pelo facebook.

    Alonguei-me demais… Novamente parabéns e um abraço

    • Nilda Alcarinquë

      Olá Carlos!

      Também sou adepta do twitter. Aliás, acho que já estou num nível que beira ao vício.
      Acho aquela rede simplesmente maravilhosa.
      XD

      abraço

    • Jessi Zanelato

      Concordo com tudo em relação ao Twitter. Por isso é minha rede social favorita.

      • Ana Carolina Borges de Oliveir

        App somente pra grupos? Gostei, vou atrás.

    • Randal Bergamasco

      Eu uso relativamente pouco o Twitter, Del Valle. Entro pelo menos uma vez por dia, mas não fico conectado nessa rede social por muito tempo. Mas que há essas vantagens em relação ao Facebook que você apontou , isso não vou nem discutir.

  • bom podcast. o na porteira já está quase chegando a um podcast 60º,ou seja, podcast sexagenário?

    • Randal Bergamasco

      Na verdade, estamos chegando aos 4 anos! Mas se for ver por esse ângulo, somos quase sexagenários.

  • Tiago Oliveira

    Meu uso das redes sociais estão com: twitter para notícias, facebook para manter os contatos pessoais, linkedin para contatos profissionais. Senti falta do Google+ o qual uso mais nas questões científicas e linguagem de programação (não sou programador) e apenas para curiosidade, existe uma rede social científica: “researchegate.net” onde pode-se acompanhar literaturas científicas e conseguir artigos diretamente com seus autores.

    • Randal Bergamasco

      Quanto ao Google +, falamos rapidamente dele sim, Tiago. Aliás, eu deixei claro que não boto fé nessa rede social e que está fadada ao desaparecimento. Pelo menos eu acho isso.

  • Eduardo Mundus Passeri

    pessoal , eu pesquisei esse tal de “tsu” , conheci algumas pessoas, que ganham uma merreca ;…. tudo bem que é em dolares , mas para que trabalhar de graça para o mark né?? hehehe , bom fiz meu cadastro lá, e como precisa de convite quem quiser pode entrar pelo meu perfil !! abraços a todos e para variar mais um maravilhoso programa ! abraços !! http://segue meu tsu

    http://www.tsu.co/edupasseri

    • Randal Bergamasco

      Bem, talvez eu dê uma chance ao Tsu, Passeri. Afinal de contas, que mal há em experimentar, não é?

      • Eduardo Mundus Passeri

        verdade ! até porque o face nunca me deu 1 real !!

  • IsaiasGO

    Olá pessoar!

    Gostei demais desse episódio, é sempre um prazer ouvi-los. Seguinte, ouvi algo sobre o Twitter e as dificuldades de encontrar algo. Para isso existem programas “indexadores” de twits, um deles é o Twitterfall. Com ele a gente pode buscar uma série de postagens com palavras chaves, um boa ferramenta de pesquisa:

    http://twitterfall.com/

    Um grande abraço aqui de Curitiba.

    • Randal Bergamasco

      Obrigado pela audiência, Isaias. E valeu mesmo pela recomendação dessa ferramenta!

  • donihq

    Algúem se lembra do Beltrano?

    • Randal Bergamasco

      Eu me lembro do Fulano. Aliás, cheguei a ganhar uma camiseta desse site. Ele disponibilizava perguntas e os acertos geravam um dinheiro virtual que garantia brindes. Eu não conheci o Beltrano.

      • donihq

        Tinha esse beltrano. Acabei saindo pois tinha muita foto de pedofilia, era revoltante. Tinha também um tal de Gazzag

  • donihq

    E aquele tal Badoo que entupia as caixas de mensagens com convites?

    • Randal Bergamasco

      Nunca mais recebi. Ainda bem!

  • Pingback: NaTrilha #18 – Especial de Aniversário – Podflix - Podcast()