NPC 24 – Nas entranhas da América Latina

Randal Bergamasco 15 de abril de 2013 26
NPC 24 – Nas entranhas da América Latina

Reproduzir

Soy loco por ti, América! Nosso vigésimo quarto episódio mergulha nas entranhas do novo mundo e apresenta aos nossos ouvintes um pouco mais sobre nossa América Latina. Os anfitriões Randal Bergamasco (@randalberga) e Alexandre Sacutti (@IzavanSacutti) recebem o historiador Igor Guedes (@professorigor), o “filósofo podcastal” Márcio Etiane (@mertiane) e o arquiteto argentino Valentín Arechaga e batem um papo multicultural sobre essa região do mundo tão rica em história, cultura e belezas naturais. Você realmente sabe quais são os países latino-americanos? Quais as nações mais ricas e quais as mais pobres? E o que os convidados que estiveram na Venezuela pensam sobre aquela nação? Conheça um pouco mais sobre o Haiti, Cuba, Panamá, Chile e Argentina; fique por dentro do atual cenário político e relembre as mais sangrentas ditaduras desses países; se pretende viajar, conheça o que a Venezuela, Chile, Argentina e Bolívia tem pra te oferecer. Isso é só um pequeno aperitivo desse podcast super abrangentes sobre “nuestra latinoamerica”. Expanda o assunto através dos comentários ou nos enviando um e-mail. Participe!

:-: NÃO QUER OUVIR A LEITURA DE E-MAILS? :-:
– Caso não queira ouvir a seção de e-mails (Correio da Roça), pule para 10 min. 40 sec.

:-: SITES DOS CONVIDADOS: :-:
– Ao Sul do Capital – Blog do Igor Guedes
– Telhacast – Podcast onde o Igor Guedes participa
– Papo Filosófico – Podcast do site “A Via Filosófica” apresentado pelo Márcio Etiane
– Facebook do Valentin Arechaga

:-: COMENTADO NESTE EPISÓDIO: :-:
– América Latina (Info Escola)
– América pré-colombiana (site da Professora Clara)
– Ditaduras militares na Argentina, Peru, Chile e Venezuela (Em pdf)
– Regime militar ajudou Pinochet com US$115 milhões (Folha de São Paulo)
– 21 de junho de 1978: Videla entra no vestiário dos jogadores peruanos e fala sobre “solidariedade” (blog do Estadão)
– A análise da esquerda na América Latina (Luis Nassif Online)

:-: PRÓXIMO NA PORTEIRA CAST: :-:
– Previsão da publicação do próximo episódio: 10 de maio de 2013

  • Estou sem palavras, foi uma honra participar de um Cast com pessoas com tantas referências e dicas preciosas. Traçar novos trajetos, conhecer novos personagens e sabores dessa América Latina tão rica e tão cativante não tem preço. Com certeza muitos ouvintes poderão usufruir dessas experiências tão ricas e fazerem suas próprias jornadas. Nesse instante, nesse cantinho do interior do Brasil, muitas rotas vão se cruzar e viagens nascerão à partir desse cast.

  • Lucas Conrado Silva
    24 anos
    Mineiro no Rio de Janeiro
    Jornalista e podcaster do Papo di Minero (http://www.papodiminero.com/)

    Fala aí, pessoal, beleza! É a primeira ou segunda vez que comento aqui. =)

    Pra começar, quando vi o tweet hoje de manhã, fiquei louco e baixei o podcast na hora. Vim andando pro trabalho pra ouvir durante mais tempo. Sou fascinado pela América Latina (mais do que pelos continentes/blocos mais badalados, a Europa e a América anglo-saxonica) e, há muito tempo, esperava um podcast focado nesse canto do mundo.

    Sei lá, talvez pela colonização portuguesa ou neo-colonização dos EUA/Europa, o brasileiro se sente mais europeu/norte-americano do que latinoamericano. Muita gente – até eu mesmo – ao pensar em América Latina, pensa só nos países hispânicos, como se o Brasil estivesse separado disso.

    Não pude ouvir o episódio inteiro. Vou comentar do que consegui ouvir e um pouco de experiência própria. Aliás, como comentei no Twitter, sou apaixonado pelo Chile. Estive na terra do Neruda duas vezes e quero voltar lá.

    Vocês falaram do Brasil, Argentina e Perto Arenas, no sul do Chile como os lugares que mais perderam com a construção do canal do Panamá. Imagino que a cidade portuária de Valparaíso foi a que mais perdeu nessa brincadeira toda. Antes da construção do canal, ela era mais rica e mais populosa que Santiago.

    E, não acho que o Sebastian Piñera seja um presidente esquerdista, como vocês comentaram. Algumas das críticas que mais vejo meus amigos chilenos fazendo ao cara se referem ao fato de ele ser um grande empresário que está privatizando todo o país. Como vocês comentaram, a educação no país é toda paga (e muito cara). Saíram pesquisas de que a educação chilena tem os melhores índices no continente (contrariando o que o Valentin disse – mas tenho algumas questões relacionadas a essas medições), mas a que custo?

    Como resposta às crescentes manifestações estudantis, o governo Piñera ofereceu bolsas de estudo e financiamentos. Mas não é isso que os estudantes querem. Eles querem uma educação de qualidade, mas que não os obrigue a sair das faculdades devendo a alma às universidades/governo. Semana passada, a Michele Bachelet prometeu educação superior gratuita se for eleita presidente (por que ela não instituiu isso no primeiro mandato? Os estudantes já pediam isso). Vamos ver se ela vai cumprir.

    Ah, agora abrindo o comentário para todo o continente. Os latinoamericanos sabem mais do Brasil do que os próprios brasileiros. Inclusive no campo cultural. É relativamente comum entrar em restuarantes e lanchonetes de Santiago e ouvir música brasileira. Quantos brasileiros conhecem Violeta Parra? Victor Jara? Francisca Valenzuela? Nossas rádios não tocam música do resto da América Latina por resquício da ditadura militar. Como havia Cuba e o argentino Che Guevara com essa ligação aos soviéticos, o espanhol passou a ser tratado pelos militares brasileiros como “língua de comunista”. Resultado: censura!

    O que é uma grande pena. Uruguai, Argentina, Chile, Porto Rico, México, Espanha têm bandas e cantores excelentes e totalmente desconhecidos aqui no Brasil. O Uruguai tem bandas de rock excelentes! Mas, ficamos aqui, isolados culturalmente (por culpa nossa). Recomendo o site Mescla Cultural (http://www.mesclacultural.com/) e o programa Solo Latino (http://www.radio.uol.com.br/#/programa/solo-latino) para quem quiser conhecer a excelente música latinoamericana.

    Desculpa o comentário gigantesco e totalmente focado no Chile, é o país que conheço melhor na região, mas espero corrigir isso em breve.

    Grande abraço a todos e parabéns pelo podcast!

    • Para um podcast longo, um comentário longo! Esteja a vontade em comentar, Lucas. A gente procura exatamente isso aqui nese espaço; ou seja, é onde os ouvintes podem ampliar o assunto.
      Tive o privilégio de conhecer Chile, Argentina e Uruguai. Quanto a educação chilena, eu havia ouvido antes que esse país e a Coreia do Sul são referências no ensino. Bem, deixarei não só os convidados, mas toda a audiência a me tirar essa dúvida. Obrigado!

  • Se for com essa densidade de informações pode ser até de 4 horas que eu nem percebo passando muito bom o cast e um comentário não muito relevante mais que eu queria deixar registrado é que eu sabia da Pasta porque fiz faculdade com amigo que morou no chile e usava o windows em espanhol, daí as pastas / diretórios eram carpetas.

    um abraço a todos os hermanos.

    • Pois é, Relson, como eu disse no “Correio da Roça”, o programa ficou longo – aliás, foi o com maior duração que já tivemos – mas é por uma boa causa.

  • Bela aula de história. Tudo que posso fazer é elogiar o cast, não tenho qualquer coisa a adicionar ao programa, vocês é que adicionaram muito a meu conhecimento
    .
    Que orgulho desse Professor Igor, sou fã dele.

    • Olha, Thiago, também sou fã do Igor. Ainda bem você o inseriu na podosfera, foi um verdadeiro achado. Creio que toda a mídia agradece.

  • Buenas Gurizada do Na Porteira Cast. Muito bom o programa sobre a América Latina. Vivo aqui no RS e estamos muito próximos da Argentina e do Uruguay. Faz 32 anos que passo minhas férias no Uruguay e pasme, ainda não conheço Montevideo. Explico, minha família é de Uruguaiana, que fica a 640 km de Porto Alegre onde eu moro e mais uns 200 km fica um lugar paradisíaco chamado Termas de Arapey no Uruguay, no lado oposto a Montevideo, nas margens do Rio Uruguay, no oeste do país. Águas quentes, muita tranqüilidade e convívio tranqüilo com o pessoal de lá me fazem voltar por todo esse período de tempo. Contou um causo para mostrar a rivalidade entre os povos da A. Latina. Quando era criança, nas Termas, iam passar suas férias brasileiros, argentinos, chilenos, paraguaios e obviamente os nativos uruguaios. Quando fazíamos jogos de futebol geralmente ninguém queria jogar com os argentinos e quando, por exemplo, os chilenos iam completar o time deles, a gente que ficava no outro time sabia que eles iam dar um jeito para o time deles perder só para irritar os argentinos, o goleiro ia deixar a bola entrar, errar passe de propósito e outras entregadas de jogo. Coisas de infância hahahaha. Este cast me fez lembrar disso e de outras histórias, boas lembranças. Sigam com o trabalho e no aguardo do próximo ! Abraços Christian.

    • Você sabe que a gente esqueceu de falar sobre rivalidades? Creio que a maior de todas seja entre argentinos e chilenos, e não entre os “hermanos” e a gente, que se resume ao futebol. Já entre Argentina e Chile os motivos são políticos e históricos.

  • Que Maravilha de episódio.

    Posso falar aqui e em qualquer lugar que o Igor é o melhor convidado de todos os podcasts relacionados á História. O cara é Muito bom e eu fico muito feliz sempre que ouço um podcast com ele. Acho que o Igor é sim, o melhor “conocedor” da área de história em toda esta podosfera, mais, muito mais que muito podcast famoso por aí. Do mesmo modo, o NPC é o melhor podcast da atualidade, sem demagogia, mas sim, é o melhor podcast HOJE.
    A América Latina é linda e muito grande, repleta de paraísos. Como eu posso acrescentar qualquer coisa?! Desta Vez vou ficar só no elogio mesmo.

    Parabéns ao programa, parabéns ao Valentín, ao Etiene, ao Piloto e ao copiloto do NPC e em especial ao Prof. Igor que é o Orgulho da equipe Telhacastiana.

    Saludos!

    • Concordo em gênero, número e grau com seu comentário sobre o Igor. Eu já era fã dele antes de conhecê-lo, em suas participações no Telhacast. Ele realmente é fera, o melhor historiador da podosfera nacional.

  • Olá amigos, tudo bom?

    Ótimo episódio! Fantástico, eu diria!

    A participação do Igor como sempre foi excelente! Acho bom o Thiago abrir o olho, porque logo ele vai pro Na Porteira tb… Rs…
    Nossa, me deu uma vontade tremenda de voltar pra Argentina depois deste episódio. Estive lá agora no final de março, e senti a questão da inflação, não consegui comprar tantas coisas quanto eu comprei da outra vez… Mas tenho adorado muito viajar por aqui na America Latina. Quando era mais novo, queria ir para os EUA, mas o visto negado me fez mudar de ideia. E sinceramente, não me arrependo. Rs… Pretendo ir para o Chile em breve também, tem sido uma boa experiência estas viagens.
    Todos os convidados foram ótimos, e ter um argentino na conversa foi muito interessante também! O que vocês comentaram sobre o governo ajudar mais ou menos uma parte pobre da população é relacionado com a questão econômica, de quanto o governo pode ajudar ou não determinada parcela da população. Mas concordo que, infelizmente, os governos populistas tem utilizado isso como manobra eleitoreira na maioria das vezes…

    Muito obrigado pelo episódio, pessoal! O Na Porteira sempre surpreendendo!

    Abraços!

    • Não tenho problema algum em dividir o Igor com o Naporteira. 😉
      .
      De boa, ano passado ele me procurou por conta dos episódios do Senhor dos Anéis porque queria entrar pra podosfera. Fico feliz que ele esteja sendo reconhecido, sendo convidado pra alguns podcasts.

    • Vá para o Chile mesmo, Igor, é muito bom! Estive na Argentina em 2009 e na época era bastante barato viajar para lá. Pra Santiago fui em 2011, é uma cidade fantástica onde o horizonte é “emoldurado” pelos Andes. Não deixe de conhecer!

  • Saudações geográficas equipe do Na Porteira Cast.
    Meu nome é Narcélio de Sá e moro em Fortaleza, sou mestrando em Geografia na Universidade Federal do Ceará. Sou entusiasta da Mídia podcast e já tem um tempo que estou tentando apresentar a mídia podcast para alguns colegas do Curso. Comecei essa empreitada com o Café Brasil e o Nerdcast e depois que conheci o Na porteira venho utilizando seu episódios como “iniciação” ao mundo do podcast, mas nenhum episódio (dentre todos os podcast que apresentei) chamou tanta atenção como esse sobre a América do Sul. Discussão sensacional e alto nível dos participantes (como sempre). Dá gosto de ouvir um conteúdo de altíssimo nível na podosfera, e o Na Porteira vem se encarregando disso com episódios com conteúdo superinteressantes e, acima de tudo, alta qualidade nas discussões e comentários. Parabéns a equipe e continuem assim. Grande abraço a todos, direto da Terra da Luz.

    • Ficamos muito felizes em saber que você apresenta a mídia com nossos episódios, Narcélio. Além disso, você não faz um serviço apenas para a gente do Na Porteira, mas para todos os envolvidos na podosfera. A melhor maneira do aumento da audiência “podcastal” é o boca-a-boca, e você está fazendo sua parte. Muito obrigado!

  • Caco de Paula – 31 anos – Professor – Joinville/SC

    Mais uma vez fui pego de calças curtas pelo NPC. Episódio excepcional, com convidados de alto gabarito e repleto de bagagem!
    Fico impressionado com a qualidade das pautas de vocês e a seriedade com a qual os temas são abordados.
    Gostaria, até mesmo, de dar uma de metido e sugerir uma pauta. Gostaria muito de ver como vocês contaria a história da Ditadura Militar no Brasil. É um assunto muito rico e nebuloso para muitos ouvintes mais jovens.

    Fica a dica e um grande abraço…

    • Obrigado pelos elogios, Caco. Olha, essa pauta já está na nossa agenda, aguenta um pouco aí que a gente vai falar sobre esse assunto sim.

  • Só passei pra dizer que vocês estão se superando a cada episódio.

    Que venham mais!

    abraços

    Nilda
    45 anos – Cobradora de Impostos – Jandira/SP

    • Muito obrigado, Nilda! Sempre dê se feedback, por menor que seja. Passe por aqui e diga se você gostou ou não gostou, no que acertamos e no que não acertamos.

  • Opaa Randal!

    Parabéns pelo epi e os convidados.

    Muito bom mesmo!

    [ ]s

  • Lucas Conrado, 25 anos, jornalista e podcaster do Papo di Minero, nesse exato momento, em Cuzco, Peru
    .
    Estou no Peru desde 20 de março. Meu roteiro original era o seguinte: Lima, Nazca, Arequipa, Puno, Copacabana (Bolívia), Cuzco, Machu Picchu. Pois é, esse era o roteiro, mas ele foi atrapalhado por um motivo muito maior.
    .
    Passaria só um dia em Nazca, antes de seguir para Arequipa. Mas a estrada para Arequipa foi fechada por mineiros. Nesse momento, diversas cidades peruanas estão bloqueadas pelos mineiros, atrapalhando a vida de muita gente. Estou um pouco chateado porque não vou conhecer o Lago Titicaca, mas o motivo é muito maior. E não condeno os mineiros de jeito nenhum.
    .
    O que acontece? Durante muitos anos, o governo peruano permitiu que se praticasse a mineração artesanal. Qualquer pessoa poderia, por conta própria, entrar numa mina e explorar os minerais que existia ali. Boa parte da população do Peru depende disso. Em Nazca, por exemplo, de 30 a 40% da população depende da mineração artesanal. E toda economia da cidade, depende dessas pessoas.
    .
    O governo peruano decidiu acabar com a mineração artesanal. Se você quiser minerar, vai ter de pagar pesadas taxas para o governo (até então, não existia imposto para mineração artesanal). O governo diz que quer regulamentar a situação. Os mineradores dizem que o governo quer é vender os recursos minerais pra multinacionais (o que eu acredito que seja verdade).
    .
    Seja como for, a imprensa está sendo imprensa e pintando os mineradores como terroristas. E os turistas, a não ser que fiquem presos em uma cidade (como estou agora em Cuzco – que é uma “prisão” espetacular), mal fazem ideia do que está acontecendo.
    .
    Mando notícias nos próximos dias.
    .
    Abração
    .
    Lucas!

    • Pois é, Lucas, o seu comentário resume exatamente o que é a América Latina: uma região do mundo estupenda, linda, mas com graves problemas sociais. Uma pena.

  • italo

    ola excelente podcast!
    seria bom uma parte dois kkk
    qual o nome da musica em espanhol q toca ao inicio e ao fim do bate papo?
    Abraços

    • É música é da banda “Los Ladrones Sueltos” e se chama “La rubia en el avion”.